Como o empreendedor deve exercitar a mente?

Performance mental é essencial para manter os negócios na linha do sucesso

O empreendedor no Brasil tem desafios diários a serem superados, grandes responsabilidades que muitas vezes comprometem a sua principal escada para o sucesso: o cérebro. Muitas vezes, atrelados a outros problemas pessoais, o empresário vai caindo pouco a pouco em uma rotina, e vai perdendo, ainda que sem perceber, a sua performance mental. Performance, uma palavra que geralmente é atrelada a condições físicas, somente hoje é equiparada também ao lado emocional, que afeta diretamente a criatividade, o foco, a memória e consequentemente, o aprendizado. O que, convenhamos, é essencial para o sucesso!

Não estamos falando aqui de uma mera questão psicológica, mas sim de tratar a mente como parte de um organismo complexo, que é o nosso corpo. Já está mais do que comprovado: você é o que a sua mente pode ser! Apesar disso, poucos empreendedores apostam na performance mental para levar o seu negócio ao sucesso. Diariamente, enquanto trabalhamos, estamos colocando ela em prática, mas nem sempre com o máximo de seu potencial. Conseguir manter o seu nível de estresse diário sob controle, diante das adversidades que vão surgindo, não é uma tarefa fácil, porém, é possível e sempre podemos melhorar. Como?

Hábitos como os da meditação, alimentação e atividade física, estão diretamente ligados a estes fatores. Por exemplo, ter uma dieta equilibrada e consumir alimentos desinflamatórios, pobres em carboidratos, ricas em gordura, ômega 3 (e o componente DHA), peixe, azeite de oliva, etc, e evitar o glúten, leite e outros alimentos alérgenos, é fundamental. Enquanto o primeiro time traz nutrientes, vitamina e energia, o segundo time causa a inflamação do cérebro, o que compromete o seu rendimento. As atividades físicas também são essenciais, principalmente exercício aeróbicos que estão diretamente ligados à performance mental. A meditação é a chave dos maiores empreendedores de sucesso no mundo e deve ser cada vez mais praticada, pois um dos seus primeiros resultados é a melhora da concentração e do foco.

Muitos procuram a ajuda psicológica ou do coach, que sem dúvida são de grande valia neste processo, mas é preciso entender que o cérebro é também o responsável pela parte funcional de todo o organismo. É conhecido hoje na medicina que se o nível de testosterona no homem ou na mulher estiver muito baixo, haverá a tendência de se desenvolver depressão e a perda de concentração. Se os níveis de cortisol estiverem altos, haverão déficits no funcionamento cognitivo. Portanto, a performance mental vai muito além do simples lado emocional, tendo fatores externos ou não, a influenciar um determinado comportamento do cérebro 24h por dia. É preciso “malhá-lo” assim como se faz com o corpo na academia.

O sono é outro fator que contribui para melhorar ou prejudicar o cérebro. Basicamente, a performance mental é dividida em quatro sub-áreas: foco e concentração, aprendizado, memória e criatividade. Todos ficarão comprometidos diante de noites de sono mal dormidas. Nosso corpo é uma máquina do qual o cérebro é o comandante, e quando um comandante não vai bem, isso reflete em todo o resto ao seu redor, inclusive no que é externo ao empresário. Para ter uma carreira bem sucedida e ter uma equipe motivada é preciso ser o líder que a sua mente pode ser.

Dr. Thiago Volpi — Formado em Medicina pela Universidade de São Paulo (USP), e pós-graduado em Nutrologia, o Dr. Thiago Volpi fundou em 2006 o Espaço Volpi, clínica especializada em tratamentos para emagrecimento, estética, beleza, saúde e bem-estar aliado à performance mental, que hoje conta com 47 profissionais especializados. Também é sócio de um restaurante em São Paulo e atua com o segmento de franquias.

Fonte: https://administradores.com.br/noticias/como-o-empreendedor-deve-exercitar-a-mente

Scroll to top
1
×
Olá!
Em podemos lhe ajudar?